Comentário sobre artigo: Os jovens da classe C são os maiores consumidores do país

Comentário sobre artigo: Os jovens da classe C são os maiores consumidores do país

O artigo do El País mostra dados chocantes. Os shoppings, obviamente, não estão preocupados com o conflito entre classes. O que eles querem é somente maximizar os lucros. Então como eles reagirão a essa nova situação?

Mas primeiro que situação é essa? Parece que os jovens do rolezinho são em sua maioria gente que não está querendo uma reforma na estrutura da sociedade ou propor uma organização nova. Pelo contrário, eles parecem querer fazer parte da estrutura atual. A questão principal é esta.

Se engana a esquerda quando diz que o pessoal do rolezinho quer a mudança da sociedade. Se engana também a direita quando diz que eles são baderneiros e criminosos.

Se a informação do El Pais estiver correta, o pessoal do rolezinho faz parte da nova classe C querendo o direito de ir consumir.

Agora voltando à pergunta sobre como os shoppings reagirão.

Diante desta situação, eles certamente vão querer tornar o shopping um lugar que convida a classe C a entrar. Ou seja, o shopping vai precisar ser um lugar para a turma do rolezinho sem perder a clientela atual, que parece não querer a classe C ali.

Se acontecer de fato de os shoppings ficarem “mais classe C”, é bom as classes A e B começarem a se acostumar com isso, pois refletirá uma mudança que está ocorrendo em vários aspectos da sociedade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s